Visita Técnica

Vale

Sempre à frente do seu tempo, o Porto de Tubarão, quando inaugurado, em 1966, tinha capacidade fora do comum para a época. Servindo de modelo para que o tripé Mina-Ferrovia-Porto fosse adotado como um modelo estratégico da Vale, Tubarão podia receber navios de 150 mil toneladas, embora a maioria da frota da época tivesse, no máximo, 60 mil toneladas.  

 

Furnas

Criada em 1957 para garantir energia ao processo de industrialização e urbanização nacional, por meio da construção da primeira hidrelétrica de grande porte do país, FURNAS é uma empresa de economia mista, subsidiária da Eletrobras e vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

 

Concrevit

Sediada no Espírito Santo, a Concrevit atua em toda a região sudeste do território nacional há mais de três décadas. Líder absoluta no mercado capixaba, ela conta com 15 centrais estrategicamente localizadas no eixo Vitória-Rio-São Paulo, sendo fornecedora de concreto à construção civil em geral, com ênfase em grandes empresas, como a Petrobrás, Fíbria, Samarco e Vale.

 

Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas localizadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em Joint-Operation com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES).

 

Jurong

O Estaleiro Jurong Aracruz - EJA chega ao Espírito Santo para realizar uma modalidade de negócios inédita do Estado. Com o avanço da exploração do petróleo na camada pré-sal, as expectativas de investimentos em infraestrutura naval tornam necessária a criação de um estaleiro apropriado para suprir as demandas dessa indústria, que exige tecnologia de ponta e produtos de qualidade para a realização de projetos ousados.

 

Páginas

Subscrever RSS - Visita Técnica